14 outubro 2008

O começo: Raphael Ribeiro.




Quando o Raphael chegou na sala de aula, com um saco enorme cheio de sacolas plásticas brancas amarradas uma à outra, pensei: As sacolas são resíduos comuns da atualidade, muitos artistas e estilistas já percorreram o caminho da utilização de materiais diversos para a confecção de objetos e roupas; então este material não é "novo" para esse propósito...
Mas o processo pelo qual o Raphael estava configurando seu objeto-roupa, delineava um resultado final diferente. Aos poucos foi surgindo um tecido. As sacolas ganharam forma para vestir um corpo. Então ele e suas colegas ofereceram aos nossos sentidos este lindo presente. Ele criou uma trama para configurar uma roupa, um objeto weareable. Usou como linha condutora os princípios e alguns dos elementos essenciais do design: rítmo, textura, equilíbrio. Seu processo criativo caminha sobre a linha tênue entre a moda e arte...
Fotografias Raphael Ribeiro
Modelo T.T.Padilha
Autores dos objetos Pollyanna Silva Pereira e Raphael Gonçalves Ribeiro

2 comentários:

raphaelribeiro disse...

nossa Lucia, num sabe o quanto isso me deixou feliz, muito bom "ouvir" isso de vc.
e lembre-se q vc foi muito importante nesse processo.

Obrigado!

bju grande.

Lucia Santiago disse...

Olá Raphael,
Tudo o que eu 'falei' é a pura verdade... Muitas coisas boas estão por vir... bjs, LS